Três ruas

Uma viagem pelo tempo.
O tempo do rádio de pilhas, dos lampiões, do carro de boi e das brincadeiras de rua.
O tempo de se achegar ao terreiro para ouvir uma boa prosa, acompanhada de uma boa broa e uma caneca de café.
E a prosa aqui fala de uma cidade pequena, protegida por São Sebastião, com a rua de cima, a rua do meio e a rua de baixo, poucas casas, umas vendinhas, uma capela e estradas que levam a um longe desconhecido, misterioso. Conta a trajetória de um homem, da infância à velhice, a partir de suas memórias. Dos sonhos de pequeno de conhecer o mar, das obrigações religiosas ao lado da mãe, das descobertas do primeiro amor, da partida para a cidade grande… e do retorno à cidade natal com as malas carregadas de histórias.

Ficha técnica
Direção:
Juliano Pereira
Figurino: Pedro Videira
Cenário: Teatro da Pedra
Texto: Criação coletiva
Elenco: Diego Matos, Flávio Reis e Mirian Rios
Operador de Luz: Gustavo Fonseca